> Auto-realização
......................................................................
> Envelhecer
......................................................................
> Stress
......................................................................
> Preocupação com os filhos
......................................................................
> Sentimentos
......................................................................
> Comunicação nos relacionamentos
......................................................................
> Síndrome do Pânico
......................................................................
> Frustração
......................................................................
> Depressão
......................................................................
> Tempo
......................................................................
> Dependência
......................................................................
> Hipnose
......................................................................


ENVELHECER

O mundo está envelhecendo e o ser humano ainda não aprendeu a lidar com o tempo. Não é fácil olhar no espelho e notar que as rugas e os cabelos brancos estão presentes independentes de cremes, tintas, academia...etc. Embora o estereótipo do idoso hoje seja diferente do criado trinta anos atrás, por exemplo, as pessoas ainda sofrem com o reconhecimento do inevitável envelhecimento.

Uma série de fatores, como o avanço da medicina, nos mostra que envelhecer não é sinônimo de adoecer. Cada vez mais as pessoas podem evitar ou retardar determinados sintomas se cuidando, levando assim uma vida mais saudável. É preciso respeitar a idade de cada um e seus limites, mas atenção para não criar obstáculos imaginários que não correspondem às dificuldades reais de cada um. A imagem que se faz de uma pessoa com sessenta anos hoje é diferente e essa mudança foi importante na medida em que eliminou a crença de que a partir de uma certa idade o ser humano passaria a ser incapaz; incapaz para o trabalho, incapaz para a diversão, incapaz para o relacionamento afetivo e físico.

Estamos agora passando por um novo momento, o de entender que seremos capazes “de” quando a idade avançar. A vida não para em função do tempo simplesmente, é indiscutível o processo natural de envelhecimento como mais uma etapa da vida, mas a disponibilidade para a mesma, à vontade de viver, é fator decisivo na qualidade. O corpo, nessa etapa, responde a seus desejos, vontades e necessidades num ritmo diferente basta entender, aceitar e respeitar isso.

A idade traz com o tempo o que há de mais valioso: sabedoria. Munido de sabedoria e experiência cada um pode envelhecer sem dores na alma e com brilho nos olhos.

Marise Péret de Almeida

:::: Psicologia Agora ::: Av. Raja Gabáglia, 1011, sala 310 ::: Telefone: (31) 3292-0412 ::::
by HDWD